Latidos & Miados, by Dani e Viviane


Fanta, fotografado por Sandryna

Estamos tão felizes!!! Vamos contar porquê! No início da primavera tivemos uma epifania: Por que não ter uma rubrica, no blog, dedicada aos nossos amigos cães e gatos? Nela seriam abordados temas como a saúde, o bem-estar dos nossos amigos de quatro patas; teríamos conselhos, esclarecimentos de dúvidas... E se fossem os nossos amigos cães e gatos a darem o focinho pela rubrica? A Lua, a Yuki, a Lola, a Pandora, o Pantufa, o Fanta... Lá está, uma epifania!

Ficámos entusiasmadas, mas faltava alguém especializado na matéria para escrever os conteúdos. Iniciámos uma busca desenfreada por um veterinário! Demorou algum tempo, mas, em vez de um, conseguimos duas veterinárias: a Dani e a Viviane. ❤ 

Temos de agradecer à nossa querida amiga e protetora de animais Sandryna! Sem a sua preciosa ajuda nunca teríamos encontrado as veterinárias de serviço ao blog! Elas são brasileiras, trabalham em Taubaté (estado de São Paulo) e aceitaram o nosso convite para tornar o Armazém, ainda mais, animal-friendly. 😊

É por isso que estamos tão felizes, porque, hoje, vamos apresentar-vos as responsáveis pela nova rubrica mensal Latidos & Miados.



Quem é a Dani?

A Dani é uma pessoa muito ansiosa, muito intensa, sincera. Quando faço algo sou muito perfecionista. Tal como diz meu signo, amo liberdade, viagens... e tenho um coração enorme.

Como surgiu no seu caminho a Medicina Veterinária e porquê a especialização em dermatologia?
Como profissional sempre me entreguei de corpo e alma. A profissão de médica veterinária não foi minha primeira opção. Pretendia ser dentista (mais por influência de família). Mas como no vestibular passei na segunda opção, resolvi fazer a faculdade de veterinária, torná-la na primeira opção. Então, por amar os cães achava que não conseguiria ver o sofrimento deles... Mas acabou por ser maravilhosa a escolha... Amo de mais esse ser, tão puro, tão verdadeiro, tão grato... Optamos em não ter filhos humanos, eu e meu marido, e com isso adotamos cães e gatos... que, para mim, são como filhos... claro, filhos cães, sem submetê-los a hábitos que não são dos animais. Quero que eles tenham liberdade! Nada de roupas, laços, sapatos. Mas respeito quem gosta, ou compreende diferente essa relação. Dentro da minha profissão faço cirurgias, clínica e tenho especialidade em Dermatologia... Escolhi a dermatologia, pois me deparei com muitos casos de cães que se coçavam e nunca se descobria a causa primária, isso me incomodava. Tratar e não poder saber o que desencadeou tudo aquilo.


Uma história engraçada que se tenha passado na sua clínica, com um dos seus pacientes.
Tenho um cliente, o Mike, um golden retriever, que toda consulta chega na minha clínica, senta na cadeira sozinho, para ser consultado! Mas não é na mesa não, é na cadeira onde o tutor teria que sentar. Ele senta e fica esperando eu falar com ele...  Detalhe: ele quase não cabe na cadeira!

Qual a característica que mais aprecia nos cães?
Aprecio o amor incondicional por nós humanos, o carinho, a sensibilidade para perceber quando estamos tristes... e nos vêm consolar. Para mim, são companheiros na riqueza ou na pobreza, no amor ou na dor.

Tem animais de estimação em casa? Quem são eles?
Tenho 6 cães! 
Uma schnauzer, a Frida
Um yorkshire, o Boo
Uma pequinês, a Flufy
Uma spitz alemã, a Valentina
Uma bulldog francês, o Junior
Um vira lata, o Serelepe - "Lepe"
E ainda dois gatos sem raça definida, esses vivem em minha clínica: o Bill e a Francesca.



Quem é a Viviane?
Sou uma pessoa que, desde pequena, sempre quis fazer Medicina Veterinária, adiei por alguns anos esse sonho e acabei fazendo Biologia antes, mas hoje sou realizada e feliz com a escolha que sempre quis. Amo trabalhar com os animais e, às vezes, é difícil não se envolver emocionalmente com cada caso que passa por nossas mãos. Já na parte pessoal, sou uma pessoa alegre, que gosta de estar com os amigos. Sou brava às vezes, emotiva de vez em quando, mas procuro sempre fazer tudo que posso para o meu bem-estar.

Como é ser veterinária intensivista?
Essa área da veterinária é uma das mais desafiadoras. Lidamos muitas vezes com a morte de perto, sempre uma corrida contra o tempo, onde cada segundo é muito importante. Os cuidados intensivos devem ser criteriosos e acompanhados 24 horas por dia. A cada caso, um novo desafio. Fazemos o impossível para superar e salvar vidas.

Conte um caso bem complicado que teve em mãos, mas que terminou com um final feliz.
Já tivemos alguns casos complicados, mas esse foi um dos que nos marcou. Uma yorkshire de 7 anos, obesa e que comia todos os tipos de petiscos que seu dono dava. Começou a apresentar muita dor abdominal, vómitos e não queria se alimentar direito. Foi realizado ultrassom abdominal e constatado uma pancreatite avançada. Entrámos com as medicações necessárias, porém o animal não respondeu muito bem ao tratamento inicial, desenvolvendo uma anemia profunda por conta de o fígado ter sido afetado, apresentando, também, muita gordura (esteatose hepática). A dona não tinha mais esperanças e queria eutanasiar o animal para que ele não sofresse. Porém, insistimos com ela e demos a opção de transfusão sanguínea, que foi realizada com sucesso. O animal ficou internado mais de 15 dias, se recuperou muito bem e voltou para casa com qualidade de vida e de saúde e hoje faz uma alimentação balanceada.

Qual característica que mais aprecia nos gatos?
Sua independência. São animais muito ativos, carinhosos, são leais aos seus donos, mas gostam de manter o seu espaço.

Tem animais de estimação em casa? Quem são eles?
Sim, tenho 7 animais de estimação no total, sendo eles 3 cães: Lucky, Pretinho, Pitoco e mais 4 gatos: Snow, Fred, Maju e Manu. Todos adotados e que convivem muito bem entre si.

Latidos & Miados, by Dani e Viviane tem estreia agendada para breve com o tema Coceira!!

Se quiserem que o vosso amigo de quatro patas seja protagonista de um dos muitos temas da rubrica, só têm de nos enviar um e-mail para: armazemdeideiasilimitada@hotmail.com

Rosarinho

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.