Apanhar medronho, não cair em tentação e aprender algo novo


Desde que fomos às amoras ficou-nos o bichinho no corpo! O contacto com a natureza, a atividade física e a companhia foram os ingredientes especiais que nos deixaram com vontade de repetir a dose! Na semana passada fomos ao medronho! Vamos contar como foi apanhar medronho e não cair em tentação!

Se comeres medronhos, não exageres!

A nossa querida Cláudia Silva Mataloto (já a conhecem... da Fruta da Época) desafiou-nos para mais uma manhã na natureza, com a missão de apanharmos medronhos para um chutney muito especial. E as miúdas do Armazém disseram logo que sim! 

A manhã estava fresca e o vento marcou presença, mas logo aquecemos. A Cláudia impôs ritmo e a azáfama da apanha do medronho deixou-nos com as bochechas do rosto rosadas... Calma! Não nos pusemos a comer medronhos!  A tentação até pode ser grande, mas é sabido que o consumo em excesso deste fruto pode provocar uma sensação de embriaguez! As bochechas rosadas foram resultado de esticar o braço; de subir à árvore; de dar pulos para apanhar aquele fruto que está mesmo maduro; de fazer um vídeo e partilhar nas redes sociais! O exercício físico está sempre presente nestas atividades que envolvem a apanha de frutos ;) Resistimos à tentação e da árvore, os medronhos, foram diretamente para a cesta.








Se fores ao medronho aprendes algo novo

E o que ficámos a saber sobre medronhos e chutney! Estes momentos também são autênticas aulas. Estamos sempre a aprender com a Cláudia, que agora é "famosa" (como lhe dizemos carinhosamente) depois do lançamento do livro "Receitas de Reis e Pescadores". O chutney que ela vai preparar, com a cesta cheia de medronhos que levou para casa, terá destaque na próxima "Fruta da Época". Parece que este condimento agora está na moda! O chutney pode ser agridoce ou picante ou um combinado dos dois. Para mim está ótimo! E, até, acho que ela vai preparar dois potinhos de chutney aqui para as miúdas. ;) 

Quanto ao medronho... é comum na região mediterrânica e a serra de Sintra está salpicada com estes frutos de cor intensa! Diz que é ótimo para tratamento de infeções do aparelho urinário. E as folhas em infusão acabam com substâncias prejudiciais no nosso organismo. Depois, ainda, existe a aguardente de medronho que faz as delícias de muita gente.














Nós estamos tão fãs destes momentos, que em agenda já está uma nova ida à  serra para apanhar... castanhas... "quentes e boas, quentinhas".

Vocês gostam deste tipo de aventuras? Contem-nos como foi a vossa última colheita ;)

Rosarinho

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.