Estoril Classic - O regresso da Fórmula 1


Acho que nunca vos contei que fui uma grande entusiasta de Fórmula 1. Talvez não vos tenha contado porque a ocasião nunca surgiu. Mas o regresso ao Circuito do Estoril da Fórmula 1, com o Estoril Classic, no passado fim de semana, é motivo suficiente para vos falar deste assunto.

O passado

Há muito que não punha os pés no Autódromo do Estoril. Lembro-me tão bem quando eu e a minha amiga Anna (esta menina aqui) andávamos num nervosismo insuportável na semana que antecedia o Grande Prémio de Portugal em Fórmula 1. E porquê? Porque só sabíamos se tínhamos bilhetes (gratuitos) nas vésperas do grande espetáculo arrancar. Na altura, eu e a Anna não podíamos comprar as entradas para o grande circo da Fórmula 1 (tempos de meninas estudantes) e então ficávamos até à última à espera da boa notícia, que chegava, sempre, dentro de um envelope pelas mãos da mãe da Anna. ❤

E, claro, como tantos portugueses éramos fãs do piloto brasileiro Ayrton Senna! Lembro-me tão bem quando ele ganhou no Estoril. Fiquei molhada até aos ossos, mas feliz! Tempos de juventude inconsequente. Tempos de grandes paixões e loucuras saudáveis, essa é que é a verdade. Vocês acreditam que até fazíamos bandeiras e faixas de apoio ao Ayrton? Lá íamos nós de mochila às costas, sanduíches para o almoço e uma emoção forte no coração para assistirmos ao espetáculo e vermos de perto o nosso ídolo (e olhem que não fui de ter muitos ídolos, mas o Ayrton era especial). E quando eu me levantava de madrugada para ver os Grandes Prémios, de países distantes, em direto? Sim fui dessas!

Alerta!!! Tesourinho Deprimente :)

O Presente

Para mim, a Fórmula 1 perdeu grande parte do seu encanto com o desaparecimento do Senna. E, aos poucos, fui-me desligando. Mas o bichinho ficou aqui dentro, adormecido. No fim de semana passado acordou no momento em que coloquei no pulso a pulseira que me deu acesso ao Paddock para assistir ao Estoril Classic.

Este evento organizado pela Race Ready em parceria com a Câmara Municipal de Cascais, foi o mote para a celebração dos 45 anos do Autódromo do Estoril. O Circuito encheu-se de glamour e recebeu automóveis históricos que marcaram presença em provas como a Le Mans Classic ou a Silverstone GoodWood. Trouxe, também, Markku Alén, cinco vezes vencedor do Rali de Portugal. Ao volante do Fiat 131 Abarth, Markku participou na prova de Slalom e provou que está em boa forma. Mas foi o som dos Fórmula 1 históricos, da época de ouro do automobilismo, que desencadeou em mim uma série de emoções difíceis de traduzir em palavras. Fiz uma viagem no tempo, recordei momentos vividos naquele autódromo, revi imagens que me marcaram...






Obrigada André Mendonça por esta foto espetacular!



O Futuro...?

O meu regresso ao Circuito do Estoril, não foi com a Anna, porque ela está em Manchester, mas foi com a querida Susana (creio que nem ela sabia desta minha paixão). As miúdas do Armazém divertiram-se! Só a possibilidade de viver toda esta experiência no Paddock trouxe-me aquela vontade, de me sentar à frente da caixinha mágica e assistir, de novo, aos Grandes Prémios de Fórmula 1. Antigamente conhecia todos os pilotos... agora, nem por isso... mas confesso que já fui espreitar, na net, quando é a próxima prova... é já domingo, no México. E também já sei quem vai à frente do campeonato, é o britânico Lewis Hamilton! 

Parece-me que domingo vai ser dia de Fórmula 1, cá em casa!

E vocês são fãs deste desporto?


Rosarinho

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.