FMM Sines: Novos nomes neste festival do mundo

FMM-Sines-Sofiane-Saidi-armazem-de-ideias-ilimitada

Nunca me canso de falar sobre música. Afinal, é uma das mais universais formas de comunicar do mundo. A beleza de nos fazer sentir emoções, mesmo não entendendo a letra é qualquer coisa sem explicação.

E atualmente temos em nós mesmos o melhor exemplo disso, com a vitória do Salvador Sobral na Eurovisão, que emocionou a Europa com "Amar Pelos Dois". 😊

Porém, o que me traz aqui hoje é, uma vez mais, o festival da música sem fronteiras, sem preconceitos, que a todos chega e a todos dá oportunidade de se mostrar. Sim, estou a falar do FMM Sines – Festival Músicas do Mundo.

A celebrar o seu 20.º aniversário, e depois das primeiras 5 confirmações, o cartaz ganhou esta semana mais 10 nomes. A saber:

- Baiana System, com o seu samba-reggae inspirado nos sound systems jamaicanos;

- C4 Trío, que levam a Sines a raiz tradicional venezuelana, com incursões no ska e no rock;

- Gili Yalo, cantor e compositor radicado em Telavive, cuja música balança entre o ethio-jazz e o funk;

- Guy One, que chega até nós como embaixador do estilo frafra no circuito internacional de música;

- Huun-Huur-Tu, que trazem das montanhas Altai da Sibéria o canto diafónico khöömei e os sons das pastagens de Tuva;

FMM-Sines-C4-Trio-armazem-de-ideias-ilimitada
C4 Trío, Foto © Jose Alejandro Gonzalez

Kroke, um nome da música tradicional europeia que já dispensa apresentações, mas que chega agora até nós em formato trio e num registo mais intimista e aberto;

- La Tène, mais um trio, desta feita franco-suíço, cuja sonoridade combina música tradicional, eletrónica e clássica contemporânea;

- Markus with Shahzad Santoo Khan, o alaudista e compositor francês e o cantor qawwalli paquistanês, juntos, trazem até nós sons que esbatem as fronteiras entre Ocidente e Oriente;

- Opal Ocean, duo de guitarra acústica do neozelandês Nadav Tabak e do francês Alex Champ a fazer ecoar pelos céus de Sines os sons do flamenco e do rock;

- Sofiane Saidi & Mazalda, junta aquele que já é conhecido por “Príncipe do Raï 2.0” e o seu rock argelino à banda Mazalda.
As músicas sem fronteiras nem barreiras vão ouvir-se entre Porto Covo e Sines, de 19 a 28 de julho, na 20.ª edição do FMM Sines – Festival Músicas do Mundo.

Digam lá, já estão cheios de vontade que chegue o verão, não estão?

Susana Figueira

FMM-Sines-Baiana-System-trio
Baiana System, Foto © Cartaxo

FMM-Sines-Opal-Ocean-duo-guitarras
Opal Ocean

2 comentários

Unknown disse...

é mesmo caso para dizer, Verão vem depressa porque quero ir participar neste festival, na realidade nunca marquei presença por dificuldade de agenda , mas ainda bem que vos leio porque vou já começar a organizar-me para este ano ser a nossa estreia, obrigado
Jorge

Armazém de Ideias Ilimitada disse...

Jorge, caso consigas ir, podes ser o nosso repórter em campo :) Estamos a brincar! Que bom que o nosso post foi um alerta para a tua agenda e para te organizares no sentido de viveres esta experiência :)
Beijinhos

Com tecnologia do Blogger.