O que fazer num fim de semana em Setúbal?


vista do Forte de São Filipe

No fim se semana passado eu e o J. resolvemos tirar um tempo para nós. Os dias parecem que passam a correr e nem sobra tempo para nos sentarmos calmamente e falarmos olhos nos olhos. Falta o momento em que seguramos na mão um do outro e apenas ficamos, sem palavras, partilhando um silêncio delicioso. Sentimos saudades um do outro embora habitemos a mesma casa. Sabem do que estou a falar, não sabem? Decidimos, então, que precisávamos de estar mais tempo juntos. Fechámos a porta de casa. Colocámos a mala no carro e aí fomos nós.

Desta nossa viagem, a dois, resultou este post. Não é um post romântico, posso assegurar-vos, continuem a ler! Apenas quero partilhar com vocês como um fim de semana fora de casa, desacelerado,  pode ser tão rico e como o tempo parece que ganhou outra dimensão. É que houve tempo para muita coisa!

O que fazer num fim de semana em Setúbal?

Confesso que não sou muito aventureira quanto à estadia. Gosto de chegar ao local e saber que tenho o meu alojamento reservado. Escolhi o hotel Luna Esperança Centro, na Avenida Luisa Todi. O quarto era muito confortável, o atendimento de excelência e o pequeno almoço com uma vista apaixonante do alto do quinto andar. Recomendo, mesmo! Optámos por viajar na sexta feira ao final do dia para ganharmos tempo! Depois de uma noite muito bem dormida, estávamos frescos que nem umas alfaces para visitarmos o Mercado do Livramento.

hotel luna esperança centro

quarto hotel luna esperança centro

vista da cidade de setúbal

Nota breve: ter uma querida amiga que nos dá dicas de locais a visitar e restaurantes para provar as iguarias é meio caminho andado para uma viagem de sucesso.

Sábado

Primeira paragem nos frescos do Mercado do Livramento! Mesmo que não comprem nada, é simplesmente delicioso admirar as bancadas dos vendedores: a disposição meticulosa dos frutos e dos legumes, as variedades dos peixes, os coloridos das flores e o movimento típico de quem procura o melhor para um repasto de fim de semana são de apreciar! Mas também existe beleza para além das bancadas dos produtos: os azulejos são magníficos.


mercado do livramento

mercado do livramento

mercado do livramento

Do Mercado para as ruas do centro histórico. A chuva miudinha não nos impediu de nos perdermos no emaranhado de ruas e ruelas de uma Setúbal de outros tempos. Tendo como ponto de partida a Praça do Bocage, fomos andando sem rumo, apenas sentido um outro lado da cidade. Uma cidade mais velha e cansada mas com muito encanto.

igreja na praça do bocage

pelas ruas do centro histórico de setúbal

pelas ruas do centro histórico de setúbal

Este sobe e desce de ruas abriu o apetite e o cheiro a peixe gralhado puxou-nos para o Restaurante Saveiro. Depois do almoço, seguimos até Azeitão (mesmo ali ao lado) para uma visita há muito desejada e atempadamente agendada!

Na Vila Nogueira de Azeitão já aguardavam a nossa chegada. Com encontro marcado na Loja do Vinho, previa-se uma visita ao Palácio da Bacalhôa, ao Museu e Adega e uma prova de vinhos. Isto tudo por 10€ por pessoa. Vale muito a pena. A visita é guiada e tem uma duração de duas horas e meia. A Bacalhôa Vinhos de Portugal sabe receber. E o que se aprende! Fala-se de vinhos, de história, de arte! Por todo o lado muita arte! Peças únicas no mundo! O Sr. Comendador José Berardo não faz a coisa por menos e ainda bem! 

Palácio da bacalhôa

Vinhas no Palácio da bacalhôa

Casa do Lago - Palácio da Bacalhôa

Palácio da bacalhôa


prova de vinhos bacalhôa

Adega Bacalhôa


De volta ao centro da cidade terminámos a aventura de sábado com um jantar magnífico no Restaurante De Pedra e Sal! O espaço está muito bem decorado, os clientes são mimados e a comida é confecionada com muito amor. Sente-se! Mas quem a tempera somos nós! Uma das propostas inovadoras deste restaurante é o facto de alguns dos pratos serem servidos numa pedra de sal e somos nós que os vamos temperando a gosto... um pequeno detalhe que faz toda a diferença.

restaurante de pedra e sal

restaurante de Pedra e Sal


Domingo

O sol de domingo saudou-nos com uma temperatura primaveril ideal para um passeio matinal pela Rua da Saúde e pelo Parque Urbano de Albarquel. Ao longo do percurso o Forte de São Filipe ia-nos piscando o olho do alto da colina, convidando-nos para uma visita, que não demorou. A vista panorâmica é de cortar a respiração e revela-nos uma das baías mais lindas do mundo! Sim a vista é tão deslumbrante que quase nos esquecemos do forte, que está muito bem conservado e que tem uma capela de estilo barroco lindíssima. Tomem, aqui, um moscatel e apreciem a vista.


Parque urbano de albarquel, setúbal

Forte de São Filipe, Setúbal

Igreja do forte de são filipe, Setúbal

Forte de São Filipe, Setúbal

café do Forte de São Filipe, Setúbal

Forte de São Filipe, Setúbal

Baía de Setúbal

Antes de almoço, ainda houve tempo para uma passagem pela Casa da Cultura de Setúbal (aqui pelo blog gostamos muito de divulgar as atividades deste equipamento cultural). Visitámos duas exposições: "Desculpem, Apaixonei-me e Não Fiz Nada" de LORD MANTRASTE, no Espaço Ilustração e "Evolução" de José Maria Bustorff, na Galeria.

Casa da Cultura de Setúbal

Casa da Cultura de Setúbal

Casa da Cultura de Setúbal

O relógio e o estômago ditaram a hora do repasto com paragem na 490 Taberna STB para um almoço regado com vinho da região e onde não faltou o choco frito. Uma taberna contemporânea e cheia de charme!

492 Taberna STB


490 Taberna STB

Antes de voltarmos ao ninho ainda houve tempo para uma visita à Casa da Baía (Centro de Promoção Turística). Edifício secular difícil de passar despercebido graças ao seu azul intenso. Tão bonito por dentro quanto por fora, este espaço tem dois pátios, uma loja de produtos regionais, uma salão de chá, um núcleo arqueológico, o Centro de Interpretação de Golfinhos, entre outras valências.

Casa da Baía de Setúbal

Casa da Baía de Setúbal

Final do dia... regresso a casa.

Eu o o J. divertimo-nos, andámos de mãos dadas, tivemos momentos de silêncios deliciosos, falámos olhos nos olhos e esquecemos a correria dos dias.

Fica aqui o desafio... se vos apetecer, façam uma pausa, coloquem a bagagem no carro... deem um pulinho a Setúbal e experimentem fazer este roteiro. O que acham?

Rosarinho

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.