Festival B e o Património Imaterial da Humanidade


Festival-B-Patrimonio-Imaterial-Humanidade-cartaz

B

B de Beja.

B de Baixo Alentejo.

B de Bi-anual.

B de Bi-temático.

Quatro. São estes os quatro eixos sob os quais assenta o Festival B, que pretende celebrar e promover o Cante Alentejano, o Fado e a Gastronomia Mediterrânica.

Os três dias do evento contarão com espetáculos, preparados especialmente para o Festival B, onde os artistas/grupos apresentam uma fusão entre o Cante Alentejano e o Fado, e outras sonoridades.

Além da música e da gastronomia (sempre!), este festival inova também pela realização de residências artísticas e de conceção de espetáculos próprios, sempre com o objetivo de promover e valorizar o Cante Alentejano (Património Imaterial da Humanidade desde 2014).

Kátia Guerreiro, Cuca Roseta, Marcos Rodrigues e os Cantadores do Desassossego são alguns dos nomes que fazem parte do cartaz do Festival B, que vai realizar-se nos dias 22, 23 e 24 de junho.

O que há a reter deste post? Que Cante, Fado e Petiscos 'rimam' com Património Imaterial da Humanidade.

O que me dizem a um fim de semana de verão no Baixo Alentejo?

Susana Figueira

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.