Fotografias... Momentos para recordar agora!

tirar fotografias

Eu ainda sou do tempo... Estou-me a sentir velha...
Mas a verdade é que eu ainda sou de um tempo onde as máquinas digitais, os smartphones e as selfies eram coisas do outro mundo. Uma viagem ficava relatada em apenas 36 fotografias. Sim, leram bem 36, não me enganei. Os rolos para as máquinas e as revelações das fotografias saíam caro! A malta jovem juntava uns trocos para viajar até ao "Jardim da Celeste" e era importante escolher bem o que fotografar. A seguir vinha a ansiedade de revelar as ditas. Mal chegávamos de viagem levávamos logo o rolo para as lojas da especialidade na expectativa de que o trabalho ficasse pronto rapidamente. Com sorte das 36 fotografias, 10 estavam boas. Mas era toda uma emoção. Criávamos álbuns, oferecíamos algumas à família e amigos, colocávamos em molduras... 

Fotografias... Momentos para recordar agora!

Hoje em dia podemos tirar 360 fotografias de uma tarde de praia e ver de imediato o resultado. E depois o que acontece as essas fotos? Ficam perdidas num disco rígido? Num computador? Numa pen? Nunca mais olhamos para elas. E as emoções e a felicidade que cada uma guarda? Hoje quero desafiar-vos a escolherem 12 fotografias da vossa última viagem, guardem-nas numa pen enquanto se deslocam até à loja mais próxima de fotografias e depois tratem de as imprimir. A seguir espalhem estes momentos de felicidade pela vossa casa. 

fotografias


Criem um mural inspirador

Escolham uma parede da vossa casa e colem as 12 fotos. São poucas? Não faz mal, este mural pode ser uma obra em construção. No vosso computador devem estar guardadas imensas fotografias de dias felizes que podem imprimir e ir juntando às que já estão coladas. Deixem a criatividade guiar o vosso caminho. Podem juntar postais, frases inspiradoras, pequenos bilhetes de recados amorosos, luzinhas... tudo é possível! Façam desta parede um espaço que vos traga boas memórias e que vos aqueça o coração.  Quando sentirem, também podem ir trocando as fotos, transformem uma simples parede numa galeria com vida! Eu tenho o meu mural no meu habitat criativo, cá em casa.

mural de fotografias

mural de fotografias


Decorem o vosso frigorífico

É um dos locais que mais amo espalhar fotografias. Seguro-as com ímanes que trago dos locais que visito. Impossível ficar indiferente a tantos momentos cheios de histórias. Sempre que abro a porta para retirar algo do interior do frigorífico, viajo. O simples gesto de ir buscar um iogurte faz-me voar até Coimbra, ao Brasil ou a Barcelona. Alimentamos o nosso ser com emoções tão positivas! Vá! Escolham 12 fotografias da vossa última viagem de verão e decorem o frigorífico com momentos de maresia e sol.

a escolher fotografias

fotografias no frigorifico

Guardem as fotografias em caixas lindas

Em vez de ficarem para sempre perdidas numa nuvem, ou no vosso computador, se as colocarem numa caixa, podem revê-las sempre que quiserem. Mas há mais! Podem oferecer aquela foto que tiraram com uma amiga no restaurante mais trendy da cidade, quando ela vos visitar; podem enviar por carta a foto que fizeram com os vossos amigos que vivem no Porto; podem trocar mensalmente as fotografias que têm nas molduras; podem abrir a caixa, na companhia da pessoa que amam, e voltarem a sentir os momentos que vos trouxeram tanta coisa boa. Para além disso, se colocarem as fotografias numa caixa bonita, ela fará parte da decoração e saberão que no seu interior está um pouco de vós que pode ser revivido, sempre que sentirem. Um álbum, também, pode ser uma boa opção!


a escolher fotografias


Façam o vosso diário de imagens

Selecionem mensalmente as fotos que mais significado têm para vocês e colem-nas num caderno bem bonito. Escrevam o que sentiram quando tiraram certa foto. Se a imagem foi captada num museu, juntem o bilhete de entrada; se foi num restaurante, colem ao lado o cartão de visita... Eu tenho o meu diário semanal, porque eu tiro imensas fotos. Está lá no meu Dot Journal
Podem fazer uma primeira experiência com as 12 fotos que vos desafiei.


diário de imagens


O futuro é viver o momento 

Poder segurar um fotografia na mão é recordar com mais intensidade. Por isso as miúdas do Armazém vão investir, futuramente, numa máquina fotográfica instantânea. A ideia é captar a cena e de imediato segurá-la! Queremos guardar momentos especiais e partilhá-los com quem está à nossa volta. Eu explico. Nas futuras entrevistas, para o blog, vamos tirar duas fotos (com a nova máquina). Uma oferecemos ao entrevistado e a outra fica para nós. Não sei, mas para mim este momento tem mais magia do que enviar a foto por mail ou via WhatsApp. É algo físico, algo que levamos no bolso do casaco, colamos na agenda ou no diário... Guardamos num livro, numa carteira ou num álbum de memórias.  

fotografias instantâneas

Para mim faz sentido imprimir as fotografias que mais gosto. Espalhá-las pelas casa ou simplesmente guardá-las como um tesouro. Sabendo que posso olhá-las e senti-las sempre que necessitar de reforçar sentimentos positivos, matar saudades ou simplesmente inspirar-me para uma próxima aventura! 

Tenho um novo pequeno projeto que quero realizar brevemente: fotografar a felicidade. Uma ideia lançada na revista In the Moment do mês de março, pela fotógrafa Rachel Smith. Prometo contar tudo!


revista In The Moment

E vocês? Aceitam o meu desafio de imprimir as tais 12 fotografias?

Rosarinho

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.