Fruta da Época, by Cláudia Silva Mataloto

Cantucci


Na quinta-feira passada, matei saudades da Cláudia Silva Mataloto pelo telefone. E fiquei a saber das novidades. A nossa querida chef, responsável pelas receitas saborosas, aqui no blog, está num intercâmbio na Toscana. Contámos tudo no último Fruta da Época. Entretanto, ela enviou fotos desta sua grande aventura e uma receita preparada pela chef de pastelaria, Florencia Breda, do Castello di Spaltenna  os tradicionais Cantucci. Mas já lá vamos! Primeiro as novidades! (Notinha antes de continuarmos: escreve-se Cantuccio no singular e Cantucci no plural.)



❤❤❤❤



Uma cascalense por Siena

A Cláudia está numa aldeia a 30 km de Siena  Gaiole in Chianti  e sente-se em casa, apesar de lhe faltar o mar. As pessoas são muito simpáticas e quase todas se conhecem. Sabem aquela cena de deixar a porta de casa aberta, ou a chave na porta? Sim, em Gaiole in Chianti é tudo tranquilo (quase uma grande família) E não é tão bom? Lembro-me de ser assim no bairro das minhas avós.


sacola do blog Armazém de Ideias Ilimitada
O Armazém a passear pela Toscana. Parece que o galo gostou da nossa sacola ;)

Toscana

Toscana

No primeiro dia, a nossa amiga começou logo a conviver com a malta. Chegou na altura da festa Palio di Siena. Trata-se de uma corrida de cavalos que tem lugar na Piazza del Campo, uma competição entre bairros. Depois da corrida cada bairro organiza um jantar e a Cláudia, que não foi de meias-medidas, entrou na festa, comprou a senha e jantou num dos bairros, com os residentes e com os turistas que estavam de visita à cidade. Na primeira noite, em território italiano, a Cláudia ficou hospedada bem no centro histórico de Siena.

Palio di Siena

Nas folgas a nossa menina gosta de passear. Já esteve em Florença (que amou) e agora quer fazer a ronda pelos Castelos de Siena. Se eu pudesse acompanhava-te. 

Florença

A aventura na cozinha do Castello de Spaltenna

O dia a dia da miúda é intenso, mas ela está a gostar. Durante o horário diurno, a equipa que trabalha na cozinha dá apoio ao restaurante do hotel, ao espaço do terraço (onde funciona uma pizzaria) e organiza tudo para a noite quando o restaurante Il Pievano, do chef Vincenzo Guarino (com uma estrela Michelin) abre as suas portas. No meio de toda esta azáfama, fala com os colegas em 4 línguas diferentes (às vezes, em duas frases juntam-se três idiomas  inglês, espanhol e italiano... ufa!). Nas suas horas vagas adora sair para comer um gelado ou tomar uma bebida.

O mais desafiante para a nossa querida Cláudia é, sem dúvida, empratar. Os empratamentos são fixos e ela tem de fazer tudo bonitinho, tal como está definido. O truque para que tudo dê certo? É ter no telemóvel fotografias de todos os empratamentos ;) Boa Cláudia! Estamos contigo!

A equipa da cozinha do Castello di Spaltenna
                                       A equipa ou, se preferirem, la squadra ;)


Il Pievano
                      Espaço do Il Pievano que no verão funciona no pátio do Castello di Spaltenna

O sabor de Cascais em Gaiole in Chianti

Lembram-se que a Cláudia levou o seu livro "Receitas de Reis e Pescadores" para partilhar com os italianos a cozinha da nossa vila? E a verdade é que o chef Vincenzo Guarino (um dos 300 melhores chefs mundiais Michelinjá se rendeu a algumas das nossas especialidades! As Areias de Cascais já fazem parte da Piccola. Após o jantar é servido com o café um sortido de seis doces (a Piccola) e as Areias de Cascais são um dos seis magníficos. Mas as Joaninhas de Cascais também têm protagonismo, numa receita reinventada, e fazem parte da pré-sobremesa – "Predessert" (aquela malta come muitos doces!!). 

Cláudia Silva Mataloto e o Chef Vincenzo Guarino
Cláudia com o chef Vincenzo Guarino

Piccola
A Piccola. Estão a ver a Areia de Cascais? 

Mousse de chocolate branco, gelatina Martine e crumble de "Joaninhas de Cascais "

Rosarinho

E agora a receita...



A Cláudia quer partilhar convosco a receita dos famosos Cantucci. São biscoitos típicos, que se vendem em todo o lado. Lá pelo Castello di Spaltenna são servidos de duas formas: pelo restaurante do castelo, a aposta é numa versão mais tradicional acompanhada de Vin Santo (vinho doce, tradicional da Toscana) e no Il Pievano, do chef Vincenzo Guarino, serve-se uma outra versão com vários elementos: mousse, esfera com espuma, crumble, gelado, amêndoas, bombom, chip de cantuccio, entre outros, onde se destaca o referido biscoito e o Vin Santo que integram a sua composição.


Cantucci, receita preparada pela chef de pastelaria, Florencia Breda, do Castello di Spaltenna


a chef de pastelaria, Florencia Breda, do Castello di Spaltenna


Ingredientes

570 farinha
470 açúcar
400 amêndoa com pele
1 colher de sobremesa fermento em pó

6 gemas
3 ovos

Modo de confeção


Pique grosseiramente as amêndoas. Misture todos os ingredientes e com a batedeira obtenha uma massa consistente, mas moldável. Enrole em forma de chouriço e leve ao forno por 20 minutos, a 180 graus. Retire e fatie. Leve novamente ao forno, aproveitando que ainda está quente, mas mantenha o forno desligado e com a porta mal fechada, deixe secar um pouco.

Cantucci
Versão tradicional

Cantucci - Vincenzo Guarino - Il Pievano
Cantucci
Versão - Vincenzo Guarino - Il Pievano


Enquanto ficamos à espera da próxima receita e de novidades, a Cláudia manda-vos beijos!

Cláudia Silva Mataloto


Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.