O Mundo dos Livros, by Anna

A catedral do mar de Ildefonso Falcones

A Catedral do Mar 
Ildefonso Falcones

No século XIV, a cidade de Barcelona encontra-se no seu momento de maior prosperidade. Os habitantes mais humildes, em conjunto com mercadores e senhores importantes da cidade, decidem construir, com o dinheiro de uns e o esforço de outros, uma catedral, Santa Maria del Mar. A sua construção é paralela à história da vida de Arnau Estanyol, o protagonista desta história que se centra na Catalunha, em plena idade média.

Bernat Estanyol, o pai de Arnau, é um humilde camponês que, cansado dos constantes abusos dos senhores feudais, abandona o campo quando Arnau é ainda criança, fugindo com o filho para a cidade condal, Barcelona.

A partir daqui, os dois vão tentar sobreviver na cidade, onde Arnau vai crescer paralelamente com o avanço da construção da Catedral, algo que fascinará o jovem desde o começo e ao qual ele estará intimamente ligado. 

Arnau, sempre, com o seu melhor amigo Joan (até que o destino os separe) vai realizando todos os tipos de trabalho para poder ascender na sociedade de Barcelona e, à medida que vai conseguindo os seus objetivos, também irá ganhando poderosos inimigos, que irão tentar destruí-lo a todo o custo.

Em "A Catedral do Mar", Ildefonso Falcones descreve-nos na perfeição a sociedade barcelonesa do século XIV, brindando-nos com uma viagem maravilhosa até à dura época em que as classes sociais estavam completamente diferenciadas e em que conseguir subir de classe era algo muito complicado, ou até mesmo impossível. Isto está perfeitamente descrito no livro, através do personagem Arnau, com quem viveremos na primeira pessoa as injustiças sociais da época.

Este é um romance com uma trama muito bem construída e que nos proporciona vasta informação sobre o período histórico em que está ambientada, mas sem se tornar maçadora (digo isto porque muitas pessoas se assustam com este tipo de novelas). Antes pelo contrário, não queremos parar de ler para saber o que se irá passar na vida do jovem Arnau, que viverá aventuras e desventuras, se apaixonará e terá também de lutar pela sua sobrevivência numa sociedade em que as classes mais altas se consideravam acima do bem e do mal.

Se gostam de romances históricos, então, este é daqueles que não podem deixar passar. É daqueles que nos prendem do princípio ao fim, não só pela história que nos conta, mas também pela história que nos ensina.

Porém, este livro não é apenas uma compilação de factos e costumes históricos, é também uma história de lealdade e vingança, amor e traição, de devoção religiosa e intolerância. Tudo isso ligado à vida de Arnau, uma vida cheia de aventura, altos e baixos, que dá grande dinamismo a esta obra fantástica.


A catedral do Mar de Ildefonso Falcones

Boa Leitura!

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.