O meu Dot Journal #5

Journaling

Achavam que eu tinha desistido do meu Dot Journal? Nada disso! Apesar de ter andado muito caladinha desde julho, a aventura não tem parado. Se bem que nas férias a coisa ficou a marinar (portei-me mal...). Mas com o regresso ao trabalho regressou também o entusiasmo e surgiram umas novidades.

*****

Portei-me mal nas férias
Sim! Tão verdade! Antes de ir de férias andava de tal forma estoirada que optei por colocar "post it" coloridos em vez de desenhar a página das tarefas semanais ("to do", "ideias", "notes" e "blog"). Até acho que ficou engraçado. Entretanto chegaram os dias de descanso. O meu dot journal foi na mala. Saiu da mala e ficou o tempo todo a "olhar para mim" em cima de uma mesa junto ao sofá. Eu também olhava para ele todos os dias, mas nem o abri. Podia ter feito umas colagens, ter escrito coisas positivas sobre aqueles dias de verão... Mas a verdade é que nada aconteceu. Sempre que regressava a casa , depois de uma manhã ou tarde de praia, agarrava-me às leituras. Quando fui para o Porto deixei-o em casa a descansar. O que aconteceu? Fiquei com o meu "Diário de Imagens" em atraso (ainda não o consegui por em dia) e nada escrevi sobre os grandes e bons momentos vividos (coisa que gosto de fazer para relembrar as cenas fantásticas que nos acontecem todos os dias). 

Journaling

Journaling


Rendi-me a um Weekly Spread (planeamento semanal)
Antes de ir de férias descobri que tinha eleito o Weekly Spread mais adaptado a mim. Estou muito satisfeita! Depois de várias tentativas, este parece ser o modelo com o qual trabalho melhor. Desde o início de setembro que tem sido a minha escolha. É super-rápido de desenhar e muito prático no dia a dia. Confesso que gosto de coisas mais elaboradas. Mas para já e com pouco tempo para rabiscar (com muita pena minha) tive de optar por algo mais simples de construir. Quando a azáfama acalmar (se é que vai acalmar) gostava de voltar a aguarelar o meu planeamento semanal.

Journaling

Organizei o material
Canetas, lápis de cor, borracha, lapiseiras, washi tape, carimbos andavam aos trambolhões num estojo. Depois das férias consegui organizar tudo numa bonita caixa. Só me falta arranjar uma bolsinha para colocar os recortes que vou fazendo de revistas para decorar o dot journal. A caixa está na sala, porque é no sofá, junto à janela, que gosto de me dedicar a esta atividade mindfulness. A luz das tardes de domingo é perfeita para a tarefa de organizar os meus dias. Agora até dá mais vontade de trabalhar com tudo orientado dentro de uma caixinha linda.

Journaling

journaling

Comprei um novo caderno
Tal como suspeitava este caderno não vai chegar até ao final do ano. E a miúda já foi comprar um novo. Continuo a ter muita dificuldade em encontrar cadernos pontilhados (ou são lisos, pautados ou quadriculados). E os que encontro não são os mais bonitos. Já me lembrei de pedir à minha amiga Anna, que vive em Manchester, para me trazer um caderno nas próximas férias (lá deve existir uma grande variedade). Vou utilizar o atual dot journal até ao final de outubro e segundo o que apurei vão sobrar algumas páginas. Mas acho que vou aproveitá-las para colar fotos, folhetos de exposições, postais que recebi... 

Journaling


Inspirei alguém muito especial
Esta minha aventura, que tem sido muito divertida e relaxante já inspirou algumas pessoas que me têm dado o seu feedback (e isso deixa-me tão feliz!!). Mas há pouco tempo soube que inspirei alguém muito especial, que por ser tão criativa, subiu esta experiência para um outro nível e criou um Diário Emocional. A Liliana Patrício (Coach da Psicologia Positiva) surpreendeu-me em agosto com este post no seu facebook! A querida Lili sentiu necessidade de organizar as emoções de uma forma criativa e fê-lo em modo journaling. Ela defende que esta prática pode-se tornar uma rotina de conexão com o nosso EU. Só por isto já valeu a pena dedicar-me a esta experiência. Apesar de ser uma novata neste assunto parece que até ando a inspirar a malta e isso é um retorno maravilhoso!
Liliana Patrício
Foto de Liliana Patrício

*****

Se só agora começaram a seguir esta minha aventura, talvez queiram saber como tudo isto começou. Aqui está o historial:


Rosarinho

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.