O Mundo dos Livros, by Anna

A mulher do Plantador de Chá

"A Mulher do Plantador de Chá"

Dinah Jefferies

Tenho de admitir que peguei neste livro um pouco às cegas. Não conhecia a autora, Dinah Jefferies, e não me foi recomendado por ninguém. Foi a capa que me chamou a atenção e isso foi o suficiente para o começar a ler. Por vezes, quando não temos quaisquer expectativas é quando uma história nos surpreende e é maravilhoso quando isso acontece.

O romance começa quando Gwendolyn Hooper, uma jovem de 19 anos, deixa a sua Inglaterra natal com destino  a  Ceilão (atual Sri Lanka) cheia de ilusão e sonhos, para se juntar ao seu marido, Laurence, que possui uma das mais maiores plantações de chá. 

Porém, o marido que a recebe é um homem distante, reservado e taciturno, que passa os dias a tratar dos seus negócios. Gwen decide explorar a plantação sozinha, envolvida na neblina e nos aromas perfumados de canela e jasmim da terra que a recebeu. Ao deambular pela sua nova casa descobre portas fechadas, baús com vestidos empoeirados, uma pequena sepultura no jardim... Indícios de um passado oculto e perturbador, um mistério mais profundo do que  parece e que remonta  há três gerações.

Além da complicada adaptação à sua nova vida, Gwen também terá de enfrentar Verity, uma cunhada caprichosa e peculiar, e Christina, uma exuberante milionária americana que ronda o seu marido e constantemente lhe provoca ciúmes. 

Mas todos estes problemas serão mínimos comparados com a decisão mais dura que Gwen terá de tomar na sua vida... Algo que ela guardará zelosamente em silêncio, mesmo querendo gritar aos quatro ventos.

O verdadeiro enredo desta história gira em torno do casal e dos conflitos que surgem ao longo dos anos. Os ciúmes, os segredos, as ausências e o medo irão marcar a vida de Gwen e Laurence, fazendo com que o seu matrimónio seja uma montanha-russa de emoções.

Uma das grandes atrações deste romance é o cenário espaço-temporal em que este se desenvolve. Estamos no início do século XX no Ceilão. Uma terra ruidosa, cheia de vida, de aromas e cores, com um calor escaldante e uma luz ofuscante, onde convive uma grande variedade de culturas, religiões e etnias. 

Embora a maior parte desta história se desenrole numa plantação de chá localizada nas montanhas e em cujas terras os trabalhadores são de etnia Tamil, questões como o racismo, a hierarquia étnica ou a própria independência do país são abordadas neste romance, tornando este contexto ainda mais atraente.

"A Mulher do Plantador de Chá" é uma mistura interessante de dramas e segredos familiares, histórias de amor, vingança e ódio. Um romance sedutor, hipnótico e comovente, enquadrado num ambiente tão exoticamente belo como perigoso, numa época turbulenta.

Este é um livro que me deixou viciada desde as primeiras páginas e dificilmente poderia pedir mais. Uma história maravilhosa, complexa e intrigante que recomendo vivamente e que mexe com os sentimentos.   

Boa leitura!

No mês passado, a Anna deu destaque ao livro "Um Refúgio para a Vida". 

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.