Projeto Cozinha #3

Cozinhas Eilar


O Projeto Cozinha está de volta! Ainda te lembras? Podes sempre espreitar o primeiro post que escrevi sobre este diário de bordo e o segundo post que foi publicado antes de ir de férias! A parte mais dolorosa da coisa já aconteceu e não penses que é partir as paredes ou o pó que invade todos os cantinhos da casa. Estou a falar-te do orçamento. A Eilar já apresentou valores e estão dentro do plafond que tínhamos idealizado. 

Depois desta breve atualização, hoje é dia de te escrever a terceira página deste diário de bordo.


Cozinhas Eilar

Escolher os materiais

Queríamos finalizar 2018 com a escolha dos materiais. Uma espécie de resolução de ano novo. Devo dizer-te que foi uma excitação. Nunca me tinha visto nestas andanças. Marcámos encontro no espaço da Eilar, no Restelo, logo pela manhã. A Paula já nos esperava com aquela hospitalidade que lhe é tão habitual. A loja também está em obras e acredita que vai ficar bem gira. Mas no meio de montagens de cozinhas, lá nos sentámos à secretária para fecharmos de uma vez por todas o nosso projeto. Acredita que achava que fosse mais fácil decidir qual o painel de revestimento (decoração Forest ou Decoração Spice), qual o tampo para a bancada (madeira ou silestone), quais os puxadores, qual a cor dos moveis, qual o lava-loiça (aço inoxidável ou silgranit)... É que esta será a cozinha para os próximos 100 anos (uma cozinha não se muda como se mudam os cortinados). À medida que escolhíamos os materiais a Paula atualizava o projeto no computador. E assim era fácil perceber se a nossa escolha tinha sido acertada ou muito ao lado.


Cozinhas Eilar
A decidir qual o tampo para a bancada

Cozinhas Eilar
A escolha dos puxadores também não foi fácil

Cozinhas Eilar
Vamos ter um jardim de inverno na cozinha!!

Cozinhas Eilar
Esta escolha foi a que ficou pendente. Porque gostávamos de colocar um 
lava-loiça de Silgranit e por isso vamos aguardar para saber se o orçamento treme ;)


As obras vão arrancar na primavera

Acho que foi uma opção acertada. A primavera é um evento muito celebrado por esse mundo fora. É o fim do inverno e a chegada de dias com mais sol e de temperaturas agradáveis. Para além disso, segundo a tradição é a altura ideal para se fazerem grandes limpezas em casa. E que limpeza!!! A Paula e o Jorge acreditam que as obras vão durar de 15 dias a um mês. Eu espero que todos os astros se alinhem para nos ajudarem nesta aventura! Vou começar a organizar a minha cabeça para os dias de pica azulejo, alisa parede, coloca o chão, monta os armários, não olha para o pó, nem para a casa virada do avesso. Acho que o que me vai divertir mais vai ser o arrumar tudo quando a cozinha estiver pronta. Organizar o meu espaço. Isso sim vai-me deixar muito feliz e é nesse momento que vou focar a minha atenção.


O que ficou por decidir

Não escolhemos o chão. E tenho a certeza que essa escolha também não vai ser fácil. A Paula aconselhou a cerâmica que imita a madeira. E pareceu-nos uma boa opção.  Os catálogos da foto são uma verdadeira viagem pelo mundo dos pavimentos. Outra coisa que trouxemos como trabalho de casa foi decidir se queremos placa elétrica e fogão a gás, placa elétrica e fogão elétrico ou placa a gás e fogão a gás... Vamos pensar com muito carinho nesta decisão. Mas estamos muito inclinados para escolher tudo elétrico e abolir o gás cá de casa. O problema dá-se quando faltar a luz... Tudo tem uma solução podemos sempre descobrir um novo restaurante. 

Cozinhas Eilar

Não esmiucei as vantagens e escolhas de determinados materiais. Acho que pode ser interessante falar sobre eles com algum detalhe quando as obras arrancarem. Mas se tiveres alguma dúvida ou questão podes colocar. Eu não sou especialista, mas a Paula e o Jorge são e podem-te esclarecer (eu falo com eles, prometo). Se quiseres partilhar comigo algumas ideias ou sugestões sobre esta aventura de obras em casa, que deixa qualquer uma com os cabelos em pé, serão muito bem-vindas!

Rosarinho

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.