Comic Con Portugal: 'Mortos-Vivos', Variações e coisas para adultos

Desencantamento, Netflix, Comic Con Portugal

Um título destes soa muito estranho, mas como a Susana já escreveu, no post anterior, 'estranhamente' gostámos da Comic Con Portugalela já te explicou porquê. Portanto, já vais perceber a razão de ser deste título rebuscado e o que é que os 'mortos-vivos' têm em comum com o concerto Variações e com coisas para adultos. Parece estranho, mas tem lá calma! Isto não é nada creepy!

❤❤❤❤❤

Ora toma lá os meus três momentos "WOW" da Comic Con Portugal:

1. Avi Nash, a grande surpresa 

Sabes o que gosto mais no evento Comic Con? São os painéis com os atores e atrizes que só vemos na caixinha mágica ou no grande ecrã. Lá, no evento, eles estão sentados a poucos metros de nós, em conversas descontraídas, provando (caso nos tenhamos esquecidos) que são pessoas como eu e tu. Sou fã da série "The Walking Dead" (só para que saibas, em adolescente papava filmes de terror aos sábados à tarde) e quando soube que o Siddiq ia estar pela Comic Con à conversa com a jornalista Cláudia Marques Santos fiquei logo capaz de decapitar meia dúzia de walkers de uma só vez, tal foi o entusiasmo (isto soa estranho). Mas quem é Siddiq? É aquela personagem fofinha, pela qual desenvolvemos um carinho especial. É médico na comunidade de Alexandria e a primeira personagem americana de origem muçulmana na série da FOX. Foi o 'responsável' pela morte de Carl Grimes (filho da personagem principal). Carl ao ajudá-lo acabou por ser mordido por um walker. Portanto, a integração e Siddiq na comunidade não foi fácil. Estou a falar-te de Avi Nash


Avi Nash, Comic Con Portugal

Mas mais importante do que o papel que ele encarna foi a forma como entrou no palco do Golden Theatre. De trato muito simpático e próximo do público, Avi saudou-nos em português. Não foi o único, eu sei. Mas foi o único que falou em português do princípio ao fim. Uma verdadeira surpresa! É que depois disto só te posso dizer que foi o painel que mais amei. Fofinho, não? Avi Nash morou muitos anos em Buenos Aires e foi graças a uma namorada brasileira que aprendeu a nossa língua. Apesar de não assistir à serie, por ter medo de filmes de terror (whaaaaaat?), já faz parte do elenco há 3 anos e a sua personagem tem vindo a ganhar importância. O papel diz que o conseguiu por uma questão de sorte e ri sobre isso. A conversa foi fluida e quando o público lhe começou a colocar questões, saltou da cadeira e sentou-se na beira do palco para estar, ainda mais próximo de nós. 



A próxima temporada de "The Walking Dead" começa dia 7 de outubro. Se estava ansiosa, agora, como deves calcular, ainda estou mais. Por um lado vi vários trailers da próxima temporada e parece que vai ser incrível (o que, às vezes, é difícil numa série que está no ar há quase 10 anos), por outro lado, se até aqui não tinha uma personagem favorita, agora já tenho... que se mantenha vivo durante mais temporadas, por favor senhores guionistas! Para mim, o mais interessante na série é ver que, neste momento, a batalha não é entre sobreviventes e walkers... O grande perigo é o ser humano e a sua necessidade de poder. A guerra, agora, é entre sobreviventes. A Susana que foi 'arrastada' para este painel (ela não segue a série), também ficou encantada com Avi Nash e para além de ele ter ganho mais uma fã acho que a miúda ainda vai espreitar alguns episódios da 10ª temporada. Avi Nash, és o maior!


The Walking Dead, Comic Con Portugal


❤❤❤❤❤


2. Concerto Variações tirou-me os pés do chão

Se a Susana amou a Lisbon Film Orchestra, eu morri de amores pelo Concerto Variações, no espaço Rádio Comercial (a nossa Rádio favorita). Para mim, este foi o último momento que vivi nos dois dias de Comic Con Portugal. E não poderia ter sido outro. 


Concerto Variações, Rádio Comercia, Comic Con Portugal

Ainda não vi o filme (vou-me chicotear, já volto), mas prometo ver, ok? António Variações era sagitariano (como eu, característica extremamente importante), era uma pessoa muito à frente para o seu tempo, talentoso e, acima de tudo, um homem de coragem. Confesso que com 14 anos o meu universo musical girava à volta de temas como "Thriller" de Michael Jackson ou "Lucky Star" de Madonna (teenager inconsequente). Portanto, a "Canção do Engate" não era certamente uma das minhas favoritas. Mas Sérgio Praia conseguiu emocionar-me aos 48 anos com esta canção. Cantei e chorei. Às vezes, a música tem este efeito em mim. Mas foi com "Estou além" que os meus pés saíram do chão e esqueci o cansaço que trazia nas pernas de tanto andar de um lado para o outro. Foi a loucura. Libertei-me, cantei alto (quero lá saber se desafinei) e vivi aquela música como nunca a tinha vivido. Ali eu estava bem aonde estava! A Banda é incrível. Sente-se que são apaixonados pelo legado deixado por António Variações. Só tenho de lhes agradecer pelo trabalho que estão a fazer em prol da música portuguesa e de um grande ícone do nosso panorama musical, que partiu cedo demais. Fui para casa cansada e com um pequeno problema de saúde a bater-me à porta... "Toma um comprimido que isso passa"... um comprimido não chegou, mas já estou melhor. 


Concerto Variações, Rádio Comercial, Comic Con Portugal


❤❤❤❤❤

3. "Desencantamento" e o insuflável só para adultos

E quem disse que os insufláveis são só para crianças? Se bem que elas estão fisicamente mais bem preparadas do que eu para andar aos pulos e aos pinotes. Na Comic Con, havia um insuflável exclusivo para adultos. 


Desencantamento, Netflix, Comic Con Portugal

Eu e a Susana quisemos logo fazer figuras tristes. Tirámos os sapatos e atirámo-nos de cabeça para o castelo de uma tal princesa rebelde e alcoólica, protagonista da série de desenho animado para adultos, da Netflix, "Desencantamento". A série do criador dos "Simpson", que já vai na sua 2ª temporada parece ser bem divertida, mas confesso que nunca assisti a um episódio, só a trailers. Digo-te que nos divertimos imenso, foi o momento "solta a criança que há em ti". Mr. J. fez um vídeo com as nossas figurinhas que já circula pela net, numa instastory bem divertida (lá pelo Instagram do Armazém).


Desencantamento, Netflix, Comic Con Portugal

Muitas foram as gargalhadas que demos e as palhaçadas que fizemos naquele insuflável e que nos deixaram de rastos!!!! É que nem os 10 km que a Susana correu no dia seguinte a deixaram tão exausta! Admiro a criançada que passa horas naquela farra!


Desencantamento, Netflix, Comic Con Portugal

❤❤❤❤

E era isto que tinha para te contar. Estiveste pela Comic Con? Qual foi o teu momento "WOW"?

Rosarinho

Sem comentários

Com tecnologia do Blogger.